Sunday, February 10, 2008

Luiz Inácio "Fausto" da Silva, é o resultado de um pacto com "Mefistófeles"!






























O Alquimista
por Fenix

Fala-se muito mal de nosso excelentíssimo presidente da república, mas, olhando por outro ângulo, nos deparamos com um ser humano no mínimo notável.

Mal sabe escrever ou ler, despreza a leitura e o conhecimento que ela transmite, provavelmente por falta de entendimento da mensagem. E, no entanto, até sem ter nenhuma experiência em cargos públicos executivos, galgou ao maior deles em poucas tentativas.

Embora não domine a língua pátria, utilizou-se da oratória e convenceu grande parte da população a colocá-lo onde hoje se encontra. Não bastasse isso, em menos de uma década amealhou fortuna estimada, pelos entendidos, em cerca de 2 (dois) bilhões de dólares. Olhem, que tenho amigos formados, com mestrado, doutorado e até PhD que, embora não estejam mal de vida, necessitariam de mais 20 vidas iguais a essa, para conseguir tal fortuna.

Sempre envolvido em escândalos, mesmo todos sabendo que é o chefe, sempre se safou com um "eu não sabia" ou então com "eu fui traído" colocando de quatro toda a inteligência jurídica e policial nacionais e sempre se saindo ileso, quando não, mais fortalecido.

Desconhecendo suas limitações, visita vários países, almoçando e jantando com chefes de estado e até a realeza, sem nenhuma censura ou constrangimento, seja dele mesmo, de lá ou de cá... Chega a trocar idéias com estadistas mais poderosos do planeta ou sugerir programas à ONU e além de ser ouvido, muitas vezes é até aplaudido.

Desprezando a verdade, criou um mundo virtual, fantasioso e ninguém ousou, até agora trazê-lo de volta à realidade. Mais que isso, conseguiu fazer acordos com os autos intitulados intelectuais e, aparentemente não foi a língua que impediu o entendimento. Envolveu todos os políticos passando-lhes o cabresto e oferecendo a cenoura, que a eles nunca entregou. Faz promessas e jamais as cumpre, mas isso nunca impediu que voltasse a fazê-las aos mesmos enganados que tornam a acreditar.

Destemido, diferente até dos seus criadores, ignora as forças armadas, simplesmente não lhes dando satisfação de qualquer de seus atos, e, embora não as ofenda pessoalmente, o faz com atos de profundo desprezo e desconsideração. Zomba dos mesmos lhes oferecendo o que lhes foi tirado e protelando indefinidamente o que lhes foi prometido. Tão ousado é que, até em assuntos que envolvem a soberania nacional, jamais o temor de uma reação o impediu que desse continuidade a tais afrontas.

Em meio a mais denúncias, escalou nada menos que um general-de-exército que se prontificou em acobertá-las. Quando se reúne com líderes de ideologias perigosas, o faz às claras e também às escuras, mas nunca as deixou de fazer. Distribui recursos do povo brasileiro a países que mal tem relações com o nosso, perdoa dívidas de outros, subsidia o desenvolvimento de mais alguns e deixa o país a mingua, sem que haja reação, seja da sociedade civil, militar ou eclesiástica. Falando nisso, também deu um passa moleque na igreja católica que acabou por se dividir e não consegue combatê-lo.

Deixou a todos perplexos, como se não acreditando na possibilidade dos acontecimentos e omissos mesmo depois de se assegurarem da verdade. O valente irresponsável brincou e zombou de todos os setores e instituições conhecidas e, nenhuma delas jamais esboçou reação. Ora senhores, é um mágico, um ilusionista, um profundo conhecedor das fraquezas humanas e as explora sem cerimônia, 24 horas por dia.

É um alquimista!


Fenix é um membro do Grupo Guararapes.

Publicado no site do Grupo Guararapes.
Sábado, 09 de fevereiro de 2008.



"SOBERANIA" = MORTE AO COMUNISMO!
Bootlead



Quando a vaca vai pro brejo? - Bootlead

A política-chanchada – Ipojuca Pontes




No comments:

Share
 
Copyright © 2004-2016 Bootlead