Sunday, January 20, 2008

Calma "camaradas", falta um pouco para o fundo do poço!
"Eles" ainda não começaram a chutar o "cachorro morto".

Foto: O "glorioso" fim dos "Leopard" e também do EB!































VERGONHA!
por Bader

Tenho lido os desabafos de companheiros do GG egressos das FFAA a respeito da situação econômico-financeira em que se encontram. As FFAA nunca ganharam bem, mas a verdade é que como agora nunca ganharam tão mal. Há uma proposital inversão de valores na escala remuneratória do serviço público. Um investigador da polícia federal ganha como general. Um promotor de justiça com 23 anos de idade recém-admitido em qualquer Estado brasileiro ganha, no mínimo, 17 mil reais. Os porteiros das Assembléias Legislativas e dos Tribunais de Contas ganham no mínimo 6 mil reais.

O que faz esse entulho burocrático de tão importante para subverter qualquer escala salarial razoável? Muito pouco.

As Polícias Militares recebem soldos, vantagens ou subsídios que superam de longe o que pagam o Exército, a Marinha e a Aeronáutica. Por que essas disparidades?

Em primeiro lugar, o Brasil está entregue aos vencidos em 1964 que procuram tirar suas casquinhas. A carreira nas FFAA deve ser desestimulada. Amanhã vão propor o fim do serviço militar obrigatório. O Brasil não tem inimigos, dizem os comuno-petistas, mas está cercado de amigos por todos os lados, como Fidel, Chaves, Morales. Os aviões estão quebrados? Paciência, desde que não seja o avião presidencial. Os tanques não andam? Para que o Brasil quer tanques? Para “intimidar” e “oprimir” o “proletariado”?

Em segundo lugar, só não vê quem é cego só não ouve quem é surdo, estamos em pleno processo de socialização do País, um socialismo renovado, pegando os ventos da China Comunista. Em outras palavras, um comuno-capitalismo, uma mistura do que existe de pior no comunismo e pior no capitalismo.

Desafortunadamente, as FFAA, sedadas pelo espírito de “profissionalismo exclusivo”, professando idéias tolas como a de que a política é coisa suja e, assim, deve ficar só com os políticos, dão azo à institucionalização de tudo que combatemos em quase duzentos anos de independência. Calabar e Silvério dos Reis ganharam novos nomes, perfumados, glamorosos, expostos permanentemente na mídia dominada pela esquerda burra como os heróis do Brasil, os pais dos pobres. E o povo ignorante vai atrás dessa procissão dos canalhas e facínoras, como gado em direção ao matadouro.

Enfim, soldos baixos e equipamentos sucateados não acontecem por acaso. Não é coincidência que as FFAA vivam os piores dias de sua História. E que os militares sofram as agruras e o deboche de dificuldades tão imensas para manter um padrão de vida razoável. Tudo foi planejado e está sendo executado cronometricamente. Chegará o dia em que as FFAA poderão ser substituídas pela “Guarda Nacional” ou “Milícias Populares”. Esse filme nós já assistimos várias vezes. Será que vocês não conhecem o final?

A repulsa aos traidores da Pátria, aos ladrões dos cofres públicos, aos bandidos da “luz vermelha” que tomaram conta dos palácios e governos, a repulsa à burocracia judiciária que cria castas hereditárias de juízes, desembargadores e ministros, pode e deve acontecer se a vergonha for mais forte do que o medo, se a honra militar for mais alta do que o sabujismo, se a farda for mais eficiente do que o colarinho branco.

SE TIVERMOS CORAGEM PARA REAGIR..., PORQUE FORÇA NÓS DISPOMOS.


Bader é um membro do Grupo Guararapes.

Publicado no site do Grupo Guararapes.
Domingo, 20 de janeiro de 2008.


"SOBERANIA" = MORTE AO COMUNISMO!
Bootlead



1 comment:

Anonymous said...

É companheiro, essa situação vexatória a que chegamos devemos agradecer aos nossos comandantes do EB atual e anteriores, que se venderam por misérias. Motorista, gasolina, filé no fim de semana para as festinhas, taifeiro, jardineiro, cozinheiro,estafeta e outras mordomias. Enquanto iam cortando nossas verbas eles diziam que tudo estava sob controle. Mandavam os subordinados usarem a criatividade. Hoje vemos no que resultou essa tal criatividade: viaturas que não andam, carros de combate sem munição, falta de comida no rancho, quartéis caindo aos pedaços e outras mazelas.Davam de macho com os pobres dos subordinados, mas na hora de defendê-los diante de uma política remuneratória revanchista, botavam o rabo entre as pernas para não comprometerem a boquinha que ganhariam quando deixassem suas funções. E assim fomos sendo massacrados, ano após ano, sem qualquer reação daqueles que nos chefiavam. Encastelados na capital da corrupção, pouco se lixavam para o que acontecia na tropa.Só queriam saber de viajar para ganhar diárias e festas, não estando preocupados em resolver os problemas! Nossas fronteiras estão abandonadas, bem como os militares e familiares que lá trabalham para garantir a integridade desse país. Nossos quartéis e hospítais passam por uma situação de penuria. Para nossa sorte, nossos vizinhos sul americanos estão no mesmo barco, com excessão do amigão do lula, o Chaves, que logo logo vai entrar em guerra com a Colombia, e se tudo der certo, invadirá a Amazônia. Aí nossos governantes e comandantes vão acordar do devaneio em que vivem atualmente.Aí será tarde
Por isso, agradeçamos aos nossos comandantes do EB pela miséria em que deixaram a Instituição e seus componentes!
Selva!!!!!!!!

Share
 
Copyright © 2004-2016 Bootlead