Monday, April 27, 2009

O MUNDO EM ALERTA VERMELHO!































Click AQUI para ver o gráfico original ampliado.


GRIPE SUÍNA AVANÇA E ASSUSTA O MUNDO – CENÁRIO PREOCUPANTE
por Isabel Fleck para o "Correio Braziliense"

Doença se espalha por vários países. embora afirme que o mundo está mais preparado do que nunca para enfrentar o surto, Organização Mundial de Saúde já cogita em elevar o nível de alerta

O surto de gripe suína que colocou o México, e depois os Estados Unidos, em estado de emergência pode ter atravessado o Oceano Atlântico e chegado a países como Espanha, Escócia e até Nova Zelândia. A suspeita está principalmente sobre pessoas que estiveram há menos de um mês no México, onde os infectados podem ultrapassar mais de 1,3 mil, e apresentam sintomas de gripe, como febre alta e dores no corpo. Até mesmo no Brasil, duas pessoas que voltavam do México foram internadas com suspeita de contágio, mas o Ministério da Saúde descartou a possibilidade da doença. A Organização Mundial de Saúde (OMS), apesar de considerar a possibilidade de elevar o nível de alerta, tentou acalmar a comunidade internacional, garantindo que o mundo está "mais bem preparado do que nunca" para enfrentar um novo tipo de vírus de gripe.

Segundo o diretor-assistente da OMS, Keiji Fukuda, os anos de preparo para enfrentar a gripe aviária levaram à melhora nos estoques de antivirais em todo o mundo. Durante uma coletiva na sede da organização, em Genebra, Fukuda pediu, no entanto, que as autoridades ajudem o combate ao surto fornecendo "o máximo de informação possível" sobre possíveis casos. "Pedimos que os países ajudem a esclarecer a situação. Por exemplo: pedimos que todos os países aumentem a vigilância e o cuidado para que possamos detectar o mais rápido possível como este vírus está se espalhando", disse, confirmando que a situação "é muito séria". A OMS estuda elevar o nível de alerta mundial do grau 3 para o grau 4, o que deverá ser decidido na próxima terça-feira. A mudança significaria admitir que a mutação do vírus H1N1 é muito mais contagiosa do que se presume.

Transmitida de pessoa a pessoa, principalmente pelo toque, a doença tem exigido uma atenção extra das autoridades de diversos países. Governos de diversos países como Brasil, Equador, Japão e Rússia, aumentaram o controle nos portos e aeroportos. Nesse último, foi proibida até mesmo a importação de carne de porco de diversos estados americanos e do Caribe.

Mas, depois de México, onde 22 dos 80 mortos tiveram o diagnóstico confirmado, e EUA, que comprovaram 20 casos, a situação mais grave é a do Canadá, com seis pessoas contaminadas. Na Espanha, sete pessoas que podem estar com o vírus estão internadas e, na Colômbia e na Escócia, há a suspeita de nove e duas vítimas da gripe, respectivamente. Um grupo de 22 estudantes e 3 professores que passaram três semanas no México estão em quarentena na Nova Zelândia. "É preciso ficar de olho em qualquer sintoma entre as pessoas que passaram pelo México e, até mesmo, isolar possíveis casos. Essa gripe é transmitida de pessoa a pessoa com muita rapidez", afirma André Lomar, presidente da Comissão Científica do Congresso Panamericano de Infectologia, realizado em Campos do Jordão até amanhã.


O número

US$ 205 milhões serão liberados pelo Banco Mundial para o combate à gripe suína no México. Deste valor, US$ 25 milhões chegarão ao país de forma imediata, e o restante, a longo prazo. Doação tem como objetivo minimizar possíveis impactos econômicos da doença.


Estado de emergência

O governo dos Estados Unidos manifestou ontem, pela primeira vez, uma séria preocupação com o vírus que contaminou, pelo menos, 20 pessoas no país. A secretária de Segurança Nacional, Jannet Napolitano, admitiu que a saúde pública americana vive uma "situação de emergência", e o governador de Nova York, David Paterson, decretou alerta elevado diante da possibilidade do surgimento de mais casos de gripe suína no estado. Para os que se preocupavam com o presidente Barack Obama, que esteve no México há dez dias, a Casa Branca anunciou que a saúde do mandatário "não corre risco".

Apesar do grande número de vítimas confirmadas, o diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), Richard Besser, afirmou a jornalistas que todos os casos no país são brandos e que Obama está "sendo informado constantemente" sobre a possibilidade de expansão do surto. Em Nova York, foi habilitada uma linha telefônica gratuita para informar os cidadãos sobre a gripe suína. "Estivemos nos preparando para uma situação como esta há anos. Temos a melhor saúde pública para fazer frente à gripe suína", tranquilizou o secretário de Saúde do estado, Richard Daines.

A rotina, por enquanto, só foi alterada mesmo nas principais cidades do México. Ontem, a maioria dos restaurantes, bares e outros locais públicos da capital não abriu, por orientação das autoridades. Até mesmo as tradicionais partidas de futebol de domingo foram fechadas ao público. As poucas pessoas que circulavam pelas ruas usavam máscaras. O presidente Felipe Calderón, contudo, foi a público para garantir que cerca de 900 dos mais de 1,3 mil pacientes possivelmente contaminados estão "saudáveis", e o restante está passando por exames em hospitais. "É muito importante atuar rapidamente, mas também é muito importante manter a calma e colaborar com as autoridades", afirmou.


OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) poderá elevar o nível de alerta para fase 4 ou 5 como resultado do surto de gripe suína, disse hoje, em teleconferência, o porta-voz da OMS Gregory Hartl. O nível de alerta atual está na fase 3. A elevação para o nível 4, por exemplo, indicaria um "aumento significante no risco de uma pandemia (epidemia generalizada)".

O encontro do comitê de emergência da OMS para discutir mudança no nível de alerta de risco estava originalmente previsto para amanhã e foi antecipado para hoje. A reunião segue-se à possibilidade de que 110 mortes tenham sido causadas pela gripe suína no México e à declaração de emergência pública pelos Estados Unidos. Hoje, a Espanha disse que um jovem de 23 anos vindo do México havia contraído o vírus, o primeiro caso confirmado na Europa. As informações são da Dow Jones.



Publicado no jornal "Correio Braziliense".
Segunda-feira, 27 de abril de 2009.




O BRASIL E A LÓGICA DO GENOCÍDIO – Maria Lucia Victor Barbosa


O LOUCO DO IRÃ, MAHMOUD AHMADINEJAD ESTÁ CHEGANDO, SÃO PAULO VAI "RECEPCIONÁ-LO", SAIBA COMO NO "DOIS EM CENA"


PARA SABER TUDO SOBRE A GRIPE SUÍNA, LEIA O "CASAMATA"




No comments:

Share
 
Copyright © 2004-2016 Bootlead