Monday, May 05, 2008

FFAA: Vítimas ingênuas do conto-do-vigário?



































Mais lamentável que apanhar no recreio do colégio, é não ter pai nem mãe para reclamar...
por Clausewitz

Consumou-se uma coisa que já corria nas baias desde que o desgoverno veiculou a esmola concedida às legiões... de bestas (por isso que eu falei baias)... até agora o aumentoooooooo das bestas não foi consignado em conta bancária... deduz-se o que desse episódio??? que o desgoverno é mentiroso? isso todo mundo sabe... que não há lideranças no ______ (me esqueci do coletivo de bestas)? isso todo mundo sabe... que a imprensa é maquiavélica e fez novamente seu dever de casa, noticiando algo que não existe e aumentando aquilo que nunca existiu? isso todo mundo sabe... que foi criado o bolsa-recruta com o objetivo eleitoreiro de cooptar os fardadinhos mal fardados e seus dignos familiares? isso todos sabem... o que todo mundo não sabe é que a corda chegou no seu ponto de corte e já passou a hora de se dar um basta nessa macacada sem vergonha que está vampirizando nossas hemácias espirituais... a mentira é própria e esperada da classe política, mas aquele que é investido da nobre missão de ser o Comandante Supremo das Forças Armadas não pode se dar ao desfrute de ser um mentiroso e brincar com a paciência de mais de um milhão de militares e familiares... portanto, desde já está decretado o fim desse desgoverno... que as legiões entendam que detém a força e ainda não chegamos num nível de angelitude neste planeta a ponto de desfazermos da força... ah, sim, me lembrei o que é o coletivo de bestas: Forças Armadas.


Carl Philipp Gottlieb von Clausewitz, General Prussiano, nasceu em 01 de junho de 1780, na localidade de Burg, próximo a Magdeburg, antigo Reinado da Prússia (norte da atual Alemanha). Clausewitz começou sua carreira militar como cadete (Fahnenjunker) em 1792 no 34º Regimento de Infantaria do Exército Prussiano e foi promovido a Major-General em 1818. Carl von Clausewitz é autor do livro "Da Guerra" (Vom Kriege), considerado um clássico da literatura estratégica militar. Atualmente Clausewitz empresta seus conhecimentos ao carente Exército Brasileiro, no que diz respeito às áreas da estratégia, da doutrina e da honradez militares. É também editor-chefe do "Blog do Clausewitz"



Publicado no "Blog do Clausewitz".
Segunda-feira, 05 de maio de 2008, 12h31.





Gil defende chá de ayahuasca como patrimônio cultural - Tiago Pariz (G1)

No comments:

Share
 
Copyright © 2004-2016 Bootlead