Monday, December 20, 2010

"Militares Brasileiros", mas pode chamar de "bundões".
Dá no mesmo!





Cueca blindada para quem precisa
por Jorge Serrão

O Exército Britânico investirá US$ 9 milhões (cerca de R$ 16 milhões) na compra de 45 mil pares de cuecas blindadas para proteger suas tropas no Afeganistão. Parecidas com shorts de ciclismo e feitas com um material balístico especial produzido a partir de seda e tecidos sintéticos, o cuecão vai proteger os militares de ferimentos na área pélvica, causados pelas bombas do Talibã nas estradas.

Um cuecão assim, com o devido reforço traseiro, cairia bem para as Forças Armadas Brasileiras, na conjuntura atual. Aliás, haja cueca. Nossos militares são constantes vítimas de bombas de efeito ideológico. E devem preparar a blindagem para aquilo que está previsto na END (Estratégia Nacional de Defesa). Explodirá, em breve, a bomba da reengenharia no Exército, Marinha e Aeronáutica. Quem não for compulsoriamente para a reserva, no enxugamento da estrutura burocrática, que se prepare.

Já vazou há muito tempo – a ostensivamente negada – intenção de renovar os quadros das três Forças – principalmente o EB – com "profissionais" menos identificados com aqueles ideais ante e pós-1964. Com apoio descarado dos melancias (verde oliva por fora e vermelhos por dentro) que formam a Tropa de Elite Petralha -, a intenção dos estrategistas da Defesa é promover um grande "caroneamento".

Oficiais das turmas de 1973 a 1980 seriam convidados a "pedir para sair". Seriam "promovidos" indo para a reserva. Subiriam um posto acima no contracheque. Seria uma espécie de cala-bolso. Os novos oficiais – identificados com a Nova Ordem Petralha – ganhariam promoção na ativa. Os que adoram a vida militar ainda teriam uma outra opção. Seriam convidados a aderir à Força Nacional de Segurança. Claro, com vantagens salariais para deixar o EB, a Armada ou a FAB. Assim, as três Forças seriam cuidadosamente enfraquecidas. Sem Defesa. Nem adianta cuecão blindado!

O esquema de reengenharia das FFAA é para anteontem. Por isso, o Genérico Nelson Jobim resolveu pedir à futura chefona-em-comando que deixe nos cargos os atuais chefes militares: Enzo Peri, do Exército; Júlio Soares de Moura Neto, da Marinha; e Juniti Saito, da Aeronáutica. Os três liderarão o enxugamento. Cumprida a missão dolorosa, acabam premiados com algum cargão em empresa estatal de economia mista. E passam a espada para militares ainda mais identificados que eles com o dilmalulopetismo.

Para cuidar dos bilionários negócios de reaparelhamento das três Forças, os milicos não precisam se preocupar. O PMDB já chamou o Moreira – que o velho slogan eleitoral jurava que era "Franco, Seguro e Capaz". Se a marketagem é real, só Deus sabe. Só não restam dúvidas de que o futuro Secretário de Assuntos Estratégicos é o maior aliado das empreiteiras que comandarão o reequipamento das Legiões. Jobim terá de trabalhar com o Moreira. Imposição do Michel Temer. Mesmo contrariando a Dilma.

Enquanto a reengenharia não atinge as Legiões, tudo fica pior que antes nos quartéis do Abrantes. As Forças Armadas tomam cada vez mais pancadas ideológicas. Perdem, de goleada, a guerra assimétrica promovida pelos vencedores do confronto pós-dita-dura. Tornam-se alvos fáceis dos pretensos defensores dos Direitos Humanos. Vide a decisão da Corte Interamericana de Direitos Humanos – apoiada pela Comissão de Anistia daqui – que deseja punição para os acusados de tortura durante o governo dos presidentes militares.

Quer mais? Enquanto os quartéis faltam recursos até para comprar comida para a tropa, sobra grana para outras inutilidades. O chefão $talinácio liberou a primeira parcela de R$ 30 milhões de um total de R$ 44,6 milhões de indenização à União Nacional dos Estudantes (UNE) como reparação pelos danos causados à entidade durante a ditadura militar (1964-1985). Os R$ 14,6 milhões restantes entrarão no Orçamento de 2011. Dilma vai mandar pagar.



Sorte da petralhada que os militares de hoje se parecem com aquele gauchão da piadinha homofóbica. O valentão não tolera que passem a mão em seu traseiro. A não ser que a dedada tenha duração mínima de meia hora. Assim, fica tudo como dantes na poupança do Abrantes. Para os covardes que aceitam perder a guerra assimétrica, nem cuecão blindado salva.

Ainda bem que é assim. Custaria mais caro à Nação se Moreira e Jobim precisassem encomendar o protetor milionário para tantos bundões que defecam no sagrado juramento à Bandeira do Brasil.


Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast "Alerta Total". Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.








Publicado no blog "Alerta Total".
Domingo, 19 de dezembro de 2010.






Falta de respeito – Olavo de Carvalho








9 comments:

AlaricoTrombeta said...

Dear Boot

I wish all the best in this cristhmas and a |Good new year!
We are together in the same trench, let´s fight to the last!

"Niemas Kapitulirien!!!
Niemas!"

To victory!
Alarico

Anonymous said...

CARACTERÍSTICAS DA PROFISSÃO MILITAR



Li o texto no site do Exército, e rolei de rir

Anonymous said...

E lí esse no site da aeronáutica


"MANTER A SOBERANIA NO ESPAÇO AÉREO NACIONAL COM VISTAS À DEFESA DA PÁTRIA"


e borrei as calças de rir

Anonymous said...

04/01/2011 08h03 - Atualizado em 04/01/2011 08h07

Soldado morre após disparo acidental no Alemão, diz Exército

Segundo instituição, paraquedista estava no posto do teleférico.
Exército instaurou inquérito para apurar as circunstâncias do acidente.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Do G1 RJ

Um soldado do Exército morreu na noite de segunda-feira (3) durante o trabalho no Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio. Segundo o Comando Militar do Leste, Irving Vianna Martins dos Santos foi alvo de um disparo acidental de pistola no posto de observação instalado numa das estações do teleférico da região.

Ainda de acordo com uma nota oficial do Exército, o paraquedista foi ferido à tarde, levado para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, também na Zona Norte, e depois transferido para o Hospital Central do Exército, onde morreu.

O Exército instaurou um Inquérito Policial Militar para apurar as circunstâncias em que ocorreu o disparo.
Segundo um amigo da família da vítima, o soldado teria sido atingido na cabeça.


http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2011/01/soldado-morre-apos-disparo-acidental-no-alemao-diz-exercito.html

Anonymous said...

Quarteis de hoje servem apenas para colonia de férias de comunistas, corruptos e vagabundos.

Anonymous said...

Dilma chama ministro para explicar declarações sobre ditadura

As manifestações sobre a ditadura do novo chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência, general José Elito Siqueira, causaram mal-estar no Palácio do Planalto na terça-feira. Segundo a Folha de S. Paulo, a presidente Dilma Rousseff chamou o general em seu gabinete na noite de ontem para pedir explicações. No dia da posse, Elito se posicionou contra a criação da Comissão da Verdade.

O general afirmou que os desaparecidos políticos são um "fato histórico" do qual "nós não temos que nos envergonhar ou vangloriar". Dilma não gostou da manifestação, contrária à posição de seu governo e do antecessor. Segundo o projeto enviado pelo governo, a Comissão da Verdade terá a "finalidade de examinar e esclarecer as graves violações de direitos humanos" durante a ditadura. Na conversa com Dilma, Elito teria dito que foi "mal compreendido" pelos jornalistas durante a entrevista e que as reportagens não retrataram o que ele disse.

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4873842-EI7896,00-Dilma+chama+ministro+para+explicar+declaracoes+sobre+ditadura.html

AOS IDIOTAS DE FARDA said...

Enquanto os motivos de arrependimento vão surgindo,
olhem-se no espelho e perguntem a si mesmos:
"Porque que eu acredito nos mentirosos"?
DEPOIS SE DESCABELEM.

http://arrependimento-eleitoral.blogspot.com/

Lady Baginski said...

PQP... Meu Deus, faz tempo que eu não rio tanto e ao mesmo tempo me sinto tão triste de ter nascido nesse país...

Não sei se tem conserto do jeito que anda indo a coisa toda...

Parabéns pelo post.

=D

Anonymous said...

Esta para que sintam que nem todos estão perdidos e sabem o que precisa ser feito, mas que sozinho é a mesma coisa que falar a um juri, composto de todos os parentes que te acusam.
uma só coisa precisamos fazer para mudar definitivamente, ainda que tendo que usar da pouca sabedoria dos idiotas úteis, mas preferivelvente quem saiba pensar:
na próxima manifestação, vamos cobrar que se acabem com as cobranças de estacionamentos na rua, pois isto é roubo e desvios, em fazendo isto e atingindo os objetivos nada mais segura os que sabem pensar.

Share
 
Copyright © 2004-2016 Bootlead